Criminal Minds: Beyond Borders

Crenças haitianas em foco no último episódio da temporada

O casal Owen e Emily vai a Porto Príncipe, no Haiti, com as duas filhas pequenas, Grace e Abby, para realizar um sonho: adotar o menino Samuel.

Criminal Minds: Beyond Borders - Crenças haitianas em foco no último episódio da
ATENÇÃO, o texto a seguir contém SPOILERS!
 
O casal Owen e Emily Wagner vai a Porto Príncipe, capital do Haiti, com as duas filhas pequenas, Grace e Abby, para realizar um sonho: adotar o menino órfão Samuel, de dois anos. Ambos conhecem bem o país por terem realizado diversos trabalhos voluntários por lá na última década.
 
Mas o que era para ser a viagem perfeita se torna um verdadeiro pesadelo para toda a família. A filha mais nova, Abby, é levada durante a madrugada do quarto de hotel onde os Wagner estão hospedados.
 
Jack Garrett e a sua equipe são acionados então para investigar o último caso da 1ª Temporada de Criminal Minds: Beyond Borders.
 
Ao conversar com o pai da menina, o líder da Equipe de Resposta Internacional do FBI relata que a história é muito parecida com a da garota Madeleine McCann, que foi sequestrada em Portugal, também de um quarto de hotel, em 2007, e nunca mais foi encontrada. Que prognóstico desesperador, não é mesmo, Series Killers?
 
Para piorar a situação, a sensacionalista imprensa local logo trata de colocar sob suspeita os próprios pais de Abby, somente porque eles deram a ela um remédio para alergias antes de dormir, o que possivelmente a deixou mais sonolenta, fazendo com que ela não gritasse ao ser sequestrada.
 
Por tudo isso, os agentes precisam correr contra o relógio para evitar que um mal maior aconteça à criança. Ao seguir as pistas das investigações, eles acham o bichinho de pelúcia da menina em um ponto violento na periferia da cidade. Logo depois, algo ainda mais estranho ocorre: um cobertor infantil é achado em cima de uma cova, fato que pode revelar algum tipo de ritual.
 
Para ajudar nas investigações, um curandeiro haitiano é chamado e revela que as características que envolvem o crime lembram a de um ritual que ocorre um ano e um dia após a morte de um ente querido. “É para recuperar o espírito das águas ancestrais e elevá-lo para uma nova evolução”, afirma.
 
Diante de algo tão ameaçador, algumas perguntas ficam no ar: será que Abby foi assassinada em algum ritual religioso? Ou o crime teria como motivação uma espécie de vingança, já que os Wagner estão no país para adotar um menino haitiano?
 
Enquanto não desvendamos as respostas para tais mistérios, fique por dentro de algumas características de um país tão marcado por guerra, doenças, pobreza, mas, acima de tudo, pela esperança de dias melhores. 
 
- Uma religião bastante presente no Haiti é o vodu, que mistura elementos cristãos e crenças africanas e baseia-se na possessão de seus praticantes pelos ‘loas’, os deuses do vodu.
 
- Entre os ritos do vodu estão a iniciação à religião, que inclui dança, comida e a incorporação de espíritos; casamentos entre pessoas e espíritos; e sacrifícios animais públicos como uma oferenda para as divindades.
 
- Apesar de os rituais e mitos em torno do vodu serem comuns, o cristianismo católico é a religião da maioria dos haitianos, seguido pelo cristianismo protestante.
 
- O país possui duas línguas oficiais: o francês, que é utilizado no ensino e pelos governantes, e o crioulo haitiano, dialeto empregado nas ruas.
 
- Apesar da situação de miséria e fome que permeia esse povo, que inclui até mesmo a ingestão de biscoitos de barro (mistura de água, manteiga, sal e barro), a gastronomia inclui o consumo de arroz, feijão, temperos e pimenta, lembrando a culinária brasileira em alguns aspectos.
 
- Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o Haiti está posicionado no último lugar do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do continente americano. Vários fatores contribuem para essa situação, como a expectativa de vida de apenas 60 anos, serviços de saneamento precários, e a maioria da população vivendo abaixo da linha da pobreza, entre outros.
 
- Em janeiro de 2010, um terremoto de magnitude 7 na escala Richter provocou a morte de mais de 120 mil pessoas no Haiti.
 
Ficou curioso para ver como o Haiti é retratado em Criminal Minds: Beyond Borders? Então não perca as últimas sequências da série, todas as Quartas, às 22h, no Canal AXN.
 
Atenção: nossa grade está sujeita a alterações. Consulte a programação.

Se você perder o episódio, basta baixar nosso APP. É fácil e gratuito. Consulte a disponibilidade do serviço em sua operadora de TV por assinatura.