CSI: Cyber

Domingos, às 15h30

Os 4 crimes cibernéticos mais famosos da história

Como hackers podem usar a tecnologia para o mal.

csic-epi0111-videochatavery_mundo_bi

Ninguém duvida que a tecnologia mudou nossas vidas para melhor. Hoje em dia, podemos resolver muitos problemas reais a partir do mundo virtual de uma maneira impensável há uma ou duas décadas.

 A parte ruim é que com tanta informação circulando pela rede logo pareceram os hackers, crackers e criminosos virtuais que roubam senhas, desviam dinheiro, criam redes ilegais e cometem uma série de delitos virtuais que ninguém poderia imaginar que fosse possível. Abaixo uma com os 5 crimes virtuais mais famosos da história

 1 - Em 1990, um rapaz chamado Kevin Mitnick invadiu as redes de várias operadoras de telefonia e provedores de internet dos Estados Unidos. Por muito tempo, conseguiu enganar até mesmo o FBI, que investigava os ataques. Preso em 1995 e condenado a cinco anos de prisão, ele teve que ficar 3 anos sem se conectar à internet, depois de solto. Hoje Kevin trabalha como consultor de segurança digital e é considerado o hacker mais famoso do mundo.

2 - Entre 2005 e 2007, um hacker chamado Albert Gonzales roubou nada menos do que 45 milhões números de cartões de crédito e débito, mas há quem diga que seus computadores chegaram a ter informações de mais de 170 milhões de pessoas. Dá pra imaginar isso?  Os números do prejuízo causados por Gonzales nunca foram revelados, mas se sabe que ele gastou mais de 75 mil dólares em sua última festa de aniversário em liberdade. Ele foi preso em 2008 e condenado a 40 anos atrás das grades.

 3 - No ano passado foi anunciada a descoberta de uma quadrilha internacional, com bases na China, Rússia e Ucrânia, cujos membros conseguiram roubar mais de um bilhão de dólares dos principais bancos do mundo todo. Os hackers invadiram computadores de centenas de bancos de 25 países da Ásia, Europa, Estados Unidos e até daqui do Brasil. Eles até controlavan remotamente alguns caixas eletrônicos que soltavam grandes somas em dinheiro.  A investigação segue sigilosa mas os bancos ainda se perguntam como eles conseguiram agir por quase dois anos sem que ninguém percebesse nada.

 4 - George Hotz é o nome de um hacker americano que ficou famoso aos 17 anos de idade por criar o jailbreak, que desbloqueava qualquer iphone. Em 2009, ele disse que faria algo parecido com o Playstation e poucos meses depois, em 2010, conseguiu debloquear o PS3. É claro que a Sony entrou com uma ação judicial contra ele, mas tudo foi resolvido fora da corte quando Hotz se comprometeu a nunca mais hackear um produto da Sony.