Hannibal

Segundas, às 13h45

BANQUETES CANIBAIS

Você já se perguntou sobre o que há por trás dos “suculentos” banquetes que Hannibal Lecter prepara?

hannibal1_2553735b_1

O banquete que vemos em cada episódio de “Hannibal” exige um trabalho prévio árduo para conseguir réplicas exatas das mais sangrentas depravações culinárias de Hannibal Lecter.

Assim é, há uma dupla por trás desses banquetes encarregada de cuidar e de planejar todos os detalhes da refeição canibal. A dupla é formada pela estilista de culinária canadense – de ascendência chinesa – Janice Poon e pelo chef espanhol José Andrés.

“José tem um grande talento para contar histórias e um vasto conhecimento de culinária, enquanto eu (Janice Poon) tenho uma boa intuição do que é bom do ponto de vista da câmera e o que funciona no contexto do roteiro e dos personagens. Portanto, ambos misturamos nossas diferentes habilidades”, afirma Poon.

Os dois são a mistura perfeita de raízes espanholas e internacionais, afinal, Hannibal é um cosmopolita. Nesta temporada cozinhou anchovas peruanas, talvez na próxima consigamos que faça uma parrillada... Ou um bom bife de carne argentina preparado dentro de uma abóbora inteira!”, comenta Janice.

Sem dúvida alguma, a ascendência cantonesa de Poon faz com que ela considere todas as coisas naturais como potenciais ingredientes, o que permite que haja maior variedade deles na hora de ter que imitar partes do corpo humano. “Crescer com minha herança chinesa me trouxe o benefício de conhecer e entender todos os animais como um só, independentemente da carne. A cozinha cantonesa é onívora e ter me exposto a ela durante minha infância me dotou de uma mente muito aberta quando se trata de comer qualquer coisa... É claro, tenho meus tabus pessoais: jamais comeria gatos, cachorros, pardais ou vermes. E, absolutamente, pessoas!”, garantiu. 

Que análise realista! Muita gente sente náuseas num episódio de Hannibal, é o seu caso? Você tem estômago de carnívoro?

Delicie-se com mais pratos canibais todas as segundas-feiras às 23h.