NCIS

Estreia Terça, 22 de Novembro, às 22h

As próximas transmissões de NCIS

close
Segunda, 5 Dez
Shiva
Temporada 10
Episódio 222
Segunda, 5 Dez
Shiva
Temporada 10
Episódio 222
Terça, 6 Dez
Shiva
Temporada 10
Episódio 222
Terça, 6 Dez
Hit And Run
Temporada 10
Episódio 223
Terça, 6 Dez
Canary
Temporada 10
Episódio 225

NCIS precisa deter ex-espião britânico que tem uma lista de alvos para matar

Venda de informações oficiais sigilosas, matricídio, fugitivos internacionais e reféns mantidos em suspeitas condições.

NCIS precisa deter ex-espião britânico que tem uma lista de alvos para matar

ATENÇÃO, o texto a seguir contém SPOILERS!

Venda de informações oficiais sigilosas, matricídio, fugitivos internacionais e reféns mantidos em suspeitas condições: estas são apenas algumas das linhas que formam a complexa trama deste final de Temporada de NCIS. Dito isso, já dá para sentir o tamanho da bucha que vem por aí, não é mesmo, Series Killers?

Comecemos com a seguinte pergunta: por que o corpo de uma guarda da prisão de Prickwillow, na Inglaterra, apareceria dentro de um contêiner marítimo, carregado de caixões, que atravessou o Atlântico e chegou aos Estados Unidos? Pior: como esse corpo teria passado pela Alfândega sem ser percebido?

O caso em curso é sobre a morte da carcereira Sandra Billingsley, aparentemente assassinada por asfixia. O aspecto do lugar onde foi encontrada intriga os investigadores na medida em que apresenta artefatos de conforto, como travesseiros, cobertores, salgadinhos e revistas: “Bem relaxante”, ironiza a agente Ellie Bishop ao investigar a cena do crime. Ao que tudo indica, a carcereira foi feita refém em uma fuga de dois prisioneiros britânicos.

Apesar do crime não possuir aspectos diretamente ligados à marinha, a equipe do NCIS é acionada porque, no passado, prendeu um dos fugitivos britânicos em questão, Jacob Scott, que na ocasião havia sido condenado por espionagem.

Ex-oficial da MI6 (Serviço Secreto de Inteligência Britânico), Scott foi pego em 2002 vendendo informações nucleares dos Estados Unidos para a Rússia. O criminoso roubou também informações que o NCIS dividia com aliados britânicos após os ataques terroristas de 11 de setembro.

O outro fugitivo, Cassio Chavez, estava preso por ter assassinado sua própria mãe. Uma vez em terras americanas, ambos os criminosos retomam as suas atividades cometendo, inclusive, o assassinato de uma antiga parceira.

Pelo visto nossos foragidos têm mesmo uma história digna de filme e parecem estar sedentos por sangue. Definitivamente, este final de temporada promete ser especialmente trabalhoso para o agente Gibbs e a sua equipe.

Para saber o paradeiro dos criminosos, as motivações para os assassinatos e se os casos estão interligados, acompanhe os episódios finais, às terças, às 22h, no Canal AXN.

Atenção: nossa grade está sujeita a alterações. Consulte a programação.